Rui Costa diz ver ‘positividade’ na reforma da Previdência, e diz:Tanto que não fui contra

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), disse, nesta última quarta-feira (23), ver “positividade” na reforma da Previdência que foi elaborada pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e aprovada pelo Congresso Nacional. O petista, no entanto, não detalhou quais pontos considera positivo no texto.

“Vejo [positividade]. Tanto é que não me posicionei contra”, declarou Rui, em entrevista a Globo News. O governador afirmou, ainda, que “nunca” se posicionou contra a inclusão de estados e municípios na reforma.

“Eu não. Eu não fiquei contra. Eu nunca fui contra a inclusão de estados. O que eu disse era que é insuficiente, porque não resolve o déficit dos estados”, disse, ao pontuar que o rombo na Previdência baiana é de R$ 5 bilhões e a reforma estima economia anual de R$ 60 milhões para o estado.

Rui Costa ressaltou, também, ser a favor de elevar a idade-mínima na Previdência. “Eu não tenho nada contra a idade-mínima. Acho 50 anos uma idade nova para alguém se aposentar. Eu tenho 56 anos, eu acho cedo”, frisou. O governador falou sobre o fato de os deputados do PT da Bahia votarem contra a proposta. “Foi uma posição de partido. Não foi posição de estados”, argumentou.

Perguntado se pretende disputar a Presidência em 2022, o baiano voltou a se esquivar. “Eu posso não ser candidato a nada, mas quero ajudar o Brasil”, salientou, ao ressaltar que aceita o convite de Bolsonaro para tratar sobre projetos para o país.

Por: Jôsy Souza/Mídia Regional

ASCOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *