Saiba qual será o valor da segunda parcela do Décimo Terceiro (13º) do INSS

Saiba qual será o valor da segunda parcela do Décimo Terceiro (13º) do INSS. A segunda parcela do Décimo Terceiro (13º) do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para aposentados e pensionistas começará a ser liberada a partir de novembro deste ano.

A primeira parcela do abono natalino já foi liberada, de forma antecipada, junto com o calendário de agosto. Inclusive, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) decidiu assinar uma Medida Provisória (MP) para tornar lei a antecipação da primeira parcela do 13º dos aposentados do INSS. A medida foi publicada no “Diário Oficial da União” e já está valendo.

Assim como a primeira parcela, a segunda também será depositada junto com a folha mensal de pagamentos do INSS. Porém, nesse caso acontecerá entre novembro e dezembro. Consulte a Tabela de Pagamentos de Benefícios disponibilizada logo abaixo.

Antes de mais nada, quem tem direito?

No total, cerca de 30 milhões de beneficiários terão direito à segunda parcela do Décimo Terceiro (13º). Tem direito ao abono quem, durante o ano, recebeu benefícios previdenciários como aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade.

A maioria dos aposentados e pensionista receberão o restante do valor. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro de 2018. Para esses beneficiários, o valor será calculado proporcionalmente.

Nos casos de quem recebe auxílio-doença e salário-maternidade, o valor do décimo (13º) será proporcional ao período recebido. Como esse benefício é temporário, o INSS calcula a antecipação proporcional ao período. Por exemplo, um benefício iniciado em janeiro e ainda em vigor em agosto terá o 13º terceiro salário calculado sobre oito meses. O segurado receberá, portanto, metade desse valor.

Em dezembro, caso ainda esteja afastado, o segurado irá receber o restante. Se tiver alta antes, o valor será calculado até o mês em que o benefício vigorar e acrescido ao último pagamento do benefício, segundo o Ministério da Fazenda.

Aqueles que recebem benefícios assistenciais (Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social – BPC/LOAS e Renda Mensal Vitalícia – RMV) não têm direito ao abono anual.

Qual o valor da segunda parcela do décimo terceiro (13ª) salário do INSS?

A segunda parcela do 13ª salário dos aposentados, pensionistas e beneficiários do INSS, que será pago na folha de novembro, é diferente da primeira parcela, para alguns segurados, pois é quando são feitos os descontos, como do Imposto de Renda. Aposentados e pensionistas pagam menos IR a partir dos 65 anos.

Existe uma parcela extra de isenção, de modo que somente a renda acima de R$ 3.807,96 entram na tributação. Essa vantagem só vale para o dinheiro pago pelo INSS. Quem tem outras rendas pode ter imposto a recolher.

Veja qual será o valor das duas parcelas, de acordo com o benefício (valores em R$):
Valor da aposentadoria Parcela paga a partir do dia 25 para segurados de todas as idades Parcela paga a partir de novembro para quem tem até 64 anos  Parcela paga a partir de novembro para quem tem a partir de 65 anos
998 499 499                                   499
1.000 500 500                                   500
1.100 550 550                                   550
1.200 600 600                                   600
1.300 650 650                                   650
1.400 700 700                                   700
1.500 750 750                                   750
1.600 800 800                                   800
1.700 850 850                                   850
1.800 900 900                                   900
1.900 950 950                                   950
2.000 1.000 992,80                                 1.000
2.100 1.050 1.035,30                                 1.050
2.200 1.100 1.077,80                                 1.100
2.300 1.150 1.120,30                                 1.150
2.400 1.200 1.162,80                                 1.200
2.500 1.250 1.205,30                                 1.250
2.600 1.300 1.247,80                                 1.300
2.700 1.350 1.290,30                                 1.350
2.800 1.400 1.332,80                                 1.400
2.900 1.450 1.369,80                                 1.450
3.000 1.500 1.404,80                                 1.500
3.100 1.550 1.439,80                                 1.550
3.200 1.600 1.474,80                                 1.600
3.300 1.650 1.509,80                                 1.650
3.400 1.700 1.544,80                                 1.700
3.500 1.750 1.579,80                                 1.750
3.600 1.800 1.614,80                                 1.800
3.700 1.850 1.649,80                                 1.850
3.800 1.900 1.681,13                                 1.900
3.900 1.950 1.708,63                            1.943,10
4.000 2.000 1.736,13                            1.985,60
4.100 2.050 1.763,63                            2.028,10
4.200 2.100 1.791,13                            2.070,60
4.300 2.150 1.818,63                            2.113,10
4.400 2.200 1.846,13                            2.155,60
4.500 2.250 1.873,63                            2.198,10
4.600 2.300 1.901,13                            2.240,60
4.700 2.350 1.926,86                            2.283,10
4.800 2.400 1.949,36                            2.320,40
4.900 2.450 1.971,86                            2.355,40
5.000 2.500 1.994,36                            2.390,40
5.100 2.550 2.016,86                            2.425,40
5.200 2.600 2.039,36                            2.460,40
5.300 2.650 2.061,86                            2.495,40
5.400 2.700 2.084,36                            2.530,40
5.562 2.781 2.120,81                            2.587,10
Calendário de pagamento do décimo terceiro (13º)

O dinheiro do abano anual começará a ser depositado seguindo a tabela de pagamentos do mês de novembro, para os segurados que recebem até um salário mínimo e possuem cartão com final 1, desconsiderando-se o dígito. Quem ganha acima do mínimo começa a receber a partir de dezembro.

O depósito será feito entre os dias 25 de novembro e 6 de dezembro, conforme a Tabela de Benefícios 2019. Veja abaixo:

Quem recebe até um salário mínimo (atualmente R$ 998)

1. Benefício com Final  1: crédito em 25/11

2. Benefício com Final 2: crédito em 26/11

3. Benefício com Final 3: crédito em 27/11

4. Benefício Final 4: crédito em 28/11

5. Benefício Final 5: crédito em 29/11

6. Benefício Final 6: crédito em 2/12

7. Benefício Final 7: crédito em 3/12

8. Benefício Final 8: crédito em 4/12

9. Benefício Final 9: crédito em 5/12

10. Benefício Final 0: crédito em 6/12

Quem recebe acima de um salário mínimo (mais de R$ 998)

1. Benefícios com finais 1 e 6: recebem em 2/12

2. Benefícios com finais 2 e 7: recebem em 3/12

3. Benefícios com finais 3 e 8: recebem em 4/12

4. Benefícios com finais 4 e 9: recebem em 5/12

5. Benefícios com finais 5 e 0: recebem em 6/12

Como consultar o extrato?

O extrato mensal de saques estará disponível para consulta no site Meu INSS e nos terminais de autoatendimento da rede bancária juntamente com o extrato de pagamento de benefícios da folha de agosto.

Por: Jôsy Souza/Mídia Regional

Fonte: ASCOM

Servidores da saúde continuam em protesto e Vereador Jonathan Molar é destaque por apoio  ao movimento

Desde terça-feira 22/01/2019 servidores da saúde de Teixeira de Freitas estão a fazer protestos e greve devido ao não pagamento da segunda parcela do décimo terceiro.

Os servidores clamam pelo menos por uma resposta positiva em prol do que é deles por direito e lei, mas até o momento nem ao menos foram ouvidos pelo prefeito ou responsável da prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas.

O que a população em si não compreende é essa falta de pagamento da segunda parcela do décimo terceiro que teria que ser paga até dia 20 de dezembro de 2018, mas esse pagamento tem sido negado aos servidores.

Os atos de protesto continuam e hoje 24 de janeiro, os servidores estiveram lutando pelos seus direitos em frente à Secretaria Municipal de saúde de Teixeira de Freitas. A tarde irão para a praça da Prefeitura Municipal. E pedem ajuda da população para que a causa pela qual eles tem direito, seja vencida.

Por conta dessa situação pedem ajuda e colaboração da população para que apoiem o ato, pois são trabalhadores, a maioria pais de família, dedicados e esse dinheiro é deles por lei.

Afinal devemos ter consciência de que com os servidores da saúde pública em protesto e greve poderá afetar ainda mais quem precisa do SUS (Sistema Único de Saúde), que já funciona de forma precária em Teixeira de Freitas.

Vale ressaltar e lembrar que durante esses 3 dias de protesto, apenas os vereadores Jonathan Molar, Marcos Belitardo, Erlita de Freitas e Marcílio Goulart compareceram durante o ato.

 

Jonathan Molar foi o único vereador que está a participar todos os dias de protesto ficando sempre até o final do mesmo. Esse vereador tem mostrado competência e gratidão pela população Teixeirense, nos representando e deixando nítido que tem trabalhado e exercido a sua função pela qual foi eleito.

Até o momento não temos informações de nenhum acordo feito pela Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas com os servidores da saúde.

Mais notícias em breve.

Por: Jôsy Souza/Mídia Regional